» » » Ex-Miss Universo: Uma mulher jamais vai ser igual a um transgênero




A mexicana Maria Guadalupe “Lupita” Jones, que ganhou o concurso Miss Universo em 1991, expressou seu rechaço pessoal à participação no concurso internacional de homens que mudaram de sexo para parecer mulheres.

Em recentes declarações à imprensa mexicana, Lupita Jones assegurou que não tem “nada em comum com um transgênero” e indicou que “uma mulher, nascida mulher, jamais vai ser igual a um transgênero. Biologicamente não são iguais”.

O transgênero Ángel Mario Ponce, conhecido como “Ángela Ponce” após sua mudança de sexo, ganhou a edição espanhola de Miss Universo, classificando-se para a disputa internacional, o que motivou a polêmica sobre a participação de homens no concurso de beleza feminina.

Lupita Jones, atualmente diretor do Miss Universo no México, disse que, embora tenha “que acatar as regras da organização”, pessoalmente “não estou de acordo, porque não acho que seja uma concorrência que se esteja ocorrendo sob as mesmas condições”.

Jones acrescentou que se está usando o Miss Universo, “uma plataforma que é dedicada a comunicar mensagens que preocupam as mulheres”, para “lançar mensagens que não tem nada a ver conosco”.

Além disso, ela criticou quem tem “esse preconceito de que uma mulher bela não pode ser inteligente”.

“Parece-me discriminatório que se faça esse tipo de comentários”, disse.



Fonte: ACI Digital


Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página