» » » » Sacerdote enfrenta assaltantes em paróquia: Estava disposto a “dar a vida por Cristo”


Imagem referencial - Foto: Pixabay Domínio Público / Paróquia Santa Rita de Cassia, San Fernando

Um sacerdote de 40 anos de idade impediu o assalto que dois delinquentes iam cometer em sua paróquia, enfrentou-os e disse a um deles que não podiam profanar a igreja.

O Pe. Jorge Vásquez, pároco de Santa Rita de Cássia em San Fernando, localizada no centro-sul do Chile, impediu que a sua paróquia fosse roubada por dois assaltantes em 12 de março.

O sacerdote disse ao Grupo ACI que a paróquia “é uma das mais simples da sexta região”, de modo que um roubo sacrílego era um de seus medos e por isso ele reagiu.

“A coisa mais sagrada que temos é o sacrário e, claro, o cálice e a âmbula. Embora o sacrário seja de madeira, foi feito à mão, tem um grande valor para a comunidade, pois as próprias pessoas e o Senhor o construíram”, relatou.

“Caso contrário, eu não teria enfrentado eles, chamaria a polícia e teria esperado”, acrescentou.

Pe. Vásquez explicou ao grupo ACI que a sua atitude foi a de “defender e dar a sua vida por Cristo, o que o meu bispo me confiou. Esta é a minha Igreja, não só espiritualmente, não só no intangível, mas concretamente. E se Cristo deu a sua vida pela nossa Igreja no humano, na prática, por que eu não a darei?”.

Perguntado se reagiria da mesma maneira ante outro possível assalto, o sacerdote respondeu: “Eu reagiria novamente, porque acho que tenho que dar a sua vida pelos outros, pela missão que eu desempenho. Eu acho que qualquer pai daria a vida pelo seu filho se alguém entrasse na sua casa”.

“Obviamente com mais cautela, mas, este o é meu, é o que a Igreja e o bispo me confiaram para proteger, cuidar e garantir”, ressaltou.

No dia da tentativa de assalto, o sacerdote escutou os cachorros latindo e barulhos estranhos por volta das 5h30. Pe. Vásquez saiu com uma lanterna ao local que estava ao lado da igreja e encontrou com dois indivíduos.

Um deles agrediu o sacerdote e ele se defendeu. Então correu atrás do outro homem que tentou fugir, mas foi pego pela polícia que já havia chegado ao local.

De acordo com o jornal local ‘El Marino’, os dois sujeitos identificados com as iniciais K.R.M. e N.F.Q., ambos de 20 anos, foram presos e levados para a delegacia. Os indivíduos foram detidos pelo delito de tentativa de roubo e estão aguardando o julgamento.

O Pe.  Vásquez está há sete anos na paróquia de Santa Rita de Cássia. No seu primeiro ano, ele sofreu um assalto, devido aos diversos problemas sociais do bairro onde a igreja está localizada.

“É um bairro de alta vulnerabilidade, com muito tráfico de drogas, delinquência e prostituição infantil”, assinalou o pároco que é responsável por 16 capelas.

Devido aos problemas enfrentados pelos habitantes desta região, o sacerdote se preocupou por realizar um intenso trabalho com a comunidade nos últimos cinco anos.

“Desde então, há um sentido de grande simpatia e gratidão à paróquia, por todo o trabalho social e de inclusão, de muito compromisso e trabalho com as associações de vizinhos e outros grupos”, refletiu o Pe. Vásquez.

“Aqui, nós tentamos fortalecer grupos de socialização, de solidariedade e de fraternidade”.

“O meu trabalho é ser um pouco mediador da caridade, de buscar instituições ou pessoas que possam dar uma ajuda espiritual, material, psicológica ou informativa”, explicou o sacerdote.


Fonte: ACI Digital

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página