» » » » Casal é detido após tentar vender saguis pela internet, diz polícia

Saguis eram vendidos ilegalmente em rede social (Foto: Lisandro Frederico/ ONG PAS)


O Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Ecológico Tietê recebe nesta sexta-feira (6) dois saguis-de-tufo-branco resgatados em Itaquaquecetuba. Eles estavam sendo vendidos ilegalmente por meio de anúncios em um grupo no Facebook, segundo a polícia. Os animais foram apreendidos em uma operação da Delegacia de Investigação de Infrações e Crimes contra o Meio Ambiente de Mogi das Cruzes na quinta-feira (5). 

O presidente da ONG Projeto Adote Suzano (PAS), Lisandro Frederico, contou que uma voluntária da ONG fez o contato com o casal de Itaquaquecetuba que anunciava os animais na rede social. “Ela acertou a compra dos saguis por R$ 450, dando um nome fictício e usando um celular frio. Na hora de buscar os animais, acionamos os policiais da Delegacia de Crimes contra o Meio Ambiente. Eles encontraram com o casal, apreenderam os animais e levaram os infratores para a delegacia em Mogi”, explicou Frederico.

De acordo com as informações da delegacia, o casal foi enquadrado no artigo 29 da Lei Ambiental 9605/98 por matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em  rota migratória sem a devida permissão. A pena para esse tipo de crime varia de seis meses a 1 ano e multa. 

Na delegacia, o casal prestou depoimento, assinou um termo circunstanciado e aguardará o processo em liberdade.


Risco para fauna
O veterinário Jefferson Renan de Araújo Leite alerta que além do risco dos animais que são comercializados ilegalmente, muitas vezes em condições péssimas, a fauna local também sofre com esse tipo de ação.

O veterinário destacou que muita gente que compra animais silvestres acaba soltando-os em áreas de mata tempos depois. “Na Serra do Itapety, por exemplo, temos o sagui-da-serra-escuro que está em risco de extinção. E caminhando pela serra já observei outras espécies de sagui, como essa apreendida na quinta-feira. Esse sagui-de-tufo-branco é originário do Nordeste, o mais perto da gente é a Bahia. E ao se misturaram na nossa fauna com os nossos saguis tiram deles o pouco território que resta. Outra consequência é que o cruzamento das duas espécies pode dar origem a uma espécie híbrida, acelerando assim a extinção do sagui-da-serra-escuro”, explicou o veterinário.


Fonte: Portal G1


Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página