Rádio Fonte de Água Viva - Topo

Inezita Barroso

Nascida numa família aristocrática e apaixonada pela cultura e, principalmente, pela música brasileira, Inezita começou a cantar e tocar violão e viola desde pequena, com sete anos. Estudiosa, matriculou-se no conservatório e aprendeu piano. Formou-se em biblioteconomia pela USP, antes de se tornar cantora profissional, em 1953.

Com o primeiro disco, vieram também os primeiros sucessos: o clássico samba Ronda, de Paulo Vanzolini e a caipiríssima Moda da Pinga, de Ochelsis Laureano e Raul Torres, que se tornou a mais célebre das interpretações.

Ultrapassou a marca de cinqüenta anos de carreira e de oitenta discos gravados, entre 78 rpm, vinil e CDs.

Há vinte e seis anos comanda o programa de música caipira Viola, Minha Viola, pela TV Cultura de São Paulo.

Apresentou no SBT um programa musical, aos domingos pela manhã que levava seu nome.

No Inicio da Carreira
Inezita Barroso é reconhecida também como atriz de teatro e cinema. Por onde atuou, ela ganhou prêmios importantes, como o Troféu Roquette Pinto, como Melhor Cantora' de rádio; o prêmio Guarani, como melhor cantora em disco, além de ganhar também o Prêmio Saci de cinema. Em 2003, foi condecorada pelo governador de São Paulo Geraldo Alckmin com a Medalha Ipiranga, recebendo o título de comendadora da música raiz.

Desde a década de 80, Inezita Barroso ainda arranja um espaço na agenda para dar aulas de folclore.

Recebeu o título de doutora Honoris Causa em Folclore Brasileiro.

Faleceu em 08/03/2015 em decorrência de uma insuficiência respiratória aguda.



Site Oficial: www.inezitabarroso.com.br


 

Postar um comentário

0 Comentários