» » » » » » Fernando Mendes

Luíz Fernando Mendes Ferreira, mais conhecido como Fernando Mendes, é um cantor e compositor brasileiro, nascido em 07 de maio, na cidade de Conselheiro Pena, Minas Gerais, onde desde cedo, na sua juventude, despontava a vocação artística e aos 15 anos de idade, quando recebeu de presente seu primeiro violão, solou pela primeira vez as notas musicais, que no futuro, se transformariam em melodias, letras, chegando às suas lindas canções conhecidas e executadas nas rádios de todo o Brasil e exterior.

O início da carreira, se deu a partir do momento, em que Fernando Mendes, que antes aos 17 anos, em sua cidade natal, já havia sido integrante de um conjunto formado por amigos,"Blue Boys", chegaria ao Rio de Janeiro, em 1970 para lançar e divulgar seu trabalho como cantor e compositor; começando suas apresentações na Boite Plaza e em 1971, o começo de tudo, conheceu o Chefe de Promoção da Copacabana, Erasmo Silva, que gostou do seu trabalho e o indicou ao Produtor Miguel Plopschi da EMI - ODEON, e logo foi contratado pela emissora. Apresentou-se pela primeira vez no programa Paulo Montes, da TV Rio e na Rádio Globo, no Programa do Haroldo de Andrade, a sensação da época, onde na ocasião, conheceu Luíz Gonzaga, que já conhecia "A Desconhecida", e que informou estava em segundo lugar no Programa do Samir Abou Hana, locutor da cidade do Recife, que  também era da rede, além de ser matéria da Revista Amiga. Após essa primeira entrevista, onde Fernando Mendes esteve com muita satisfação, ao lado do saudoso Rei do Forró Luíz Gonzaga, pôde mostrar seu trabalho, que 9 meses depois, seria seu primeiro sucesso, a música "A Desconhecida". Fernando Mendes, com sua timidez, que encantou e conquistou os telespectadores, a platéia e o público brasileiro, foi homenageado no Programa do Chacrinha, que sempre o requisitava para apresentações constantes em seus programas: "Discoteca do Chacrinha", "Buzina do Chacrinha" e promoções; chegando a ser homenageado em uma de suas apresentações, também pelo programa e gravadora, que presenteou o próprio Chacrinhas e as chacretes com perucas Black Power (moda e cabelo usado por Fernando Mendes na época) Recebeu também, Disco de Ouro no Programa do Bolinha, onde epre se apresentava.

“A Desconhecida”, música de sua autoria  e gravada por ele em 1972, no
seu lançamento em 1973, vendeu 400 mil compactos simples e 60 mil LPs, o consagrando em todo território nacional, como um cantor e compositor, campeão de sucesso das paradas musicais de todo o país, com sua música em 1º lugar em todas as rádios. Nessa mesma época, também gravou em espanhol, um LP com seus maiores sucessos para fora do Brasil. Seu próximo sucesso, veio no mesmo ano, com a gravação do seu primeiro LP, a música “Recordações”, que ao ser lançada, em apenas 3 meses, vendeu 100 mil discos. Logo em seguida, “estourava”, num compacto duplo, "Caminho Incerto”. Reconhecido como um dos mais talentosos cantores e compositores da MPB, Fernando Mendes, seguia interpretando suas próprias canções, que o consagraram no Brasil e no mundo.

Já conhecido como ídolo das massas populares e fazendo excursões, shows, por todo o país, em 1974, lança seu segundo LP, repetindo o mesmo êxito dos anteriores, com a música “Ontem, Hoje e Amanhã". Teve também, uma música censurada pela ditadura militar, chamada “Meu Pequeno Amigo”, que fazia referência ao "Caso Carlinhos"; um sequestro de grande repercussão na época, não elucidado até hoje e onde junto com a história do Fernando Mendes, é também citada no livro de Paulo César de Araújo, ”Eu Não Sou Cachorro Não”.

O auge de sua carreira, se deu em 1975, no lançamento do seu terceiro LP, quando viveu seus anos de ouro, lançando hits e destacando a música “Cadeira de Rodas”, que foi primeiro lugar em apenas 2 semanas, com 250 mil LPs vendidos em poucos meses de execução nas rádios de todo o país; o que lhe rendeu discos de ouro e vários outros prêmios.

Em 1976, acontecia mais dois novos sucessos: “A Menina da Calçada” e “Sorte Tem Quem Acredita Nela”, que também foi tema da novela Duas Vidas, exibida pela Rede Globo de Televisão. Ainda no mesmo ano, Fernando Mendes, reuniu músicas da autoria de grandes nomes da MPB: Milton Nascimento, Caetano Veloso, Dorival Caymmi e Ednardo, em um pot-pourri, "Quero Andar Nas Minhas Pernas" e gravou também “Valsinha” de Chico Buarque de Hollanda e Vinicius de Moraes.

Em uma adaptação da música “Festa de Arromba”, de Roberto e Erasmo Carlos, em 1977, faz mais uma homenagem aos cantores da Jovem Guarda.

As músicas “Sádico Poeta” e "Eu Vim da Roça”, foram destaque, em 1978, na gravação do seu sexto LP “Fernando Mendes, que teve a participação especial, do Rei do Forró, o saudoso e inesquecível amigo, Luíz Gonzaga, que foi importante em sua carreira e que ao seu lado, tocou e cantou uma seleção de baiões, que ficaram na história da Música Popular Brasileira: “O Baião Collection”. Ainda, compôs pela EMI ODEON, músicas de sua própria autoria e em parceria com José Augusto, Carlos Colla, José Wilson, José Lima e outros.

Em 1979, foi a vez do sucesso com a música “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”, composta e lançada por Fernando Mendes, que recebeu o Status Cult, foi Prêmio da ABPD (Associação Brasileira de Produtores de Discos) e Prêmio Villa Lobos, como disco mais vendido do ano. A música, fez parte também, da trilha sonora do filme “Lisbela e o Prisioneiro” e indicada para o Prêmio Latino em 2004. Pela Som Livre, foi lançada uma Coletânea, rendendo a Fernando Mendes, prestígio e reconhecimento ainda maior à sua carreira, embora, já sendo sucesso de público e vendas, como tema do filme. Dentre os cantores que gravaram “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”, podemos encontrar Caetano Veloso, Bruno e Marrone, e Gilmelândia, que regravaram coincidentemente a música no mesmo ano, e a dupla Cristian e Half. Ainda, José Augusto e Marcos Maestro em espanhol, Paolo em italiano, Mastruz Com Leite em ritmo de forró e outros. A partir daí, mais e mais artistas se interessaram para gravarem suas músicas e assim também, "A Desconhecida”, voltou às paradas musicais de todo país, dessa vez, na voz do cantor Leonardo, numa nova "roupagem", trazendo toda a história de Fernando Mendes à tona.


Fernando Mendes, ícone do estilo, nos anos 70 e um dos artistas, ídolos românticos, mais expressivos da música popular brasileira.
Sucesso como cantor e compositor, desde a sua primeira música, até hoje, tem suas canções sendo lançadas em versões mais atuais. Reuniu seus maiores sucessos, em 1999, quando gravou seu único CD ao vivo, em ginásios e palcos do norte nordeste.


Em sua trajetória de sucesso musical, Fernando Mendes, fez e continua fazendo shows por todo o país e exterior, participando de vários programas de TV e rádios, compondo e se apresentando nos palcos do Brasil inteiro e prepara para seu público, um CD acústico, outro inédito de carreira e um DVD ao vivo. Trabalho feito com carinho e que certamente irá agradar a todos que acompanham sua arte e  carreira.
Um DVD, que será sem dúvida, sucesso e um maravilhoso presente para todos os fãs que aguardam o esse grande dia.


O próximo projeto do Fernando Mendes, após trabalhar o DVD e o CD inédito de carreira, será um CD muito especial “Gospel” com músicas dele e regravações de alguns sucessos atuais: o “Meninas Gerais”, que é um CD com 13 meninas dos seus discos e uma regravação de “Menina da Ladeira", sucesso do João Só e o FM acróstico acústico, que certamente, será mais um grande sucesso de sua carreira. É só aguardar e conferir.





Fonte: fernandomendesoficial.blogspot.com.br
 

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página