Rádio Fonte de Água Viva - Topo

Cláudio Fontana

Cláudio Fontana: É um cantor e compositor brasileiro.

Fez sucesso na década de 1960 com a gravação Adeus, Ingrata, pela Copacabana. A música vendeu mais de cem mil cópias.

Participou de muitos programas de televisão da época e se apresentou nos palcos brasileiros e latino-americanos.

O cantor e compositor maranhense de São Luís, Cláudio Fontana pode ser classificado como um artista versátil. Com uma influencia musical popular através do rádio e ouvindo desde cedo o caucionário maranhense: Bumba-meu-Boi, Tambor de Crioula, Tambor de Mina. Chego a São Paulo em 1967, trazido pelo produtor musical: Genival Melo. Canções (Não Posso controlar meu Pensamento e Canundinho) de Cláudio faziam sucesso na voz de Wanderley Cardoso. Em conseqüência dos sucessos das suas canções e como era um interprete de primeira linha, gravou seu primeiro disco e muitos compactos simples.

Fez duas canções que mudaram a referencia de uma cidade para o titulo de sua cação: Ilha do Amor em homenagem a São Luiz. E criou um sinônimo para Jesus Cristo na canção: O Homem de Nazareth, a qual o próprio Roberto Carlos confidenciou ao autor que gostaria de ter gravador antes do sucesso que se tornou. São trinta e cinco anos de carreira, mas de quinhentas músicas gravadas nos mais variados gêneros. Na década de noventa junto com os filho e a esposa criou o grupo infantil: Chocolate que por motivo de particularidade da vida pessoal dos filhos que seguiram projetos pessoais terminou a formação. Cláudio apresentou programa de TV e lançou em 2002 um CD de Forró com composições suas nesse gênero e com outras canções que ficaram famosas em outros gêneros, mas que o mesmo gostaria de gravar em Forró. Atualmente reside em São Paulo, SP e se dedica a música católica.



Postar um comentário

0 Comentários