» » Câmara terá 4 deputados 'puxados' por Russomano e dois por Tiririca

Tiririca e Russomano (Foto: Arquivo/Ailton de Freitas/Agência O Globo e Willian Volcov/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo)


Os 1.524.361 de votos obtidos pelo apresentador Celso Russomanno garantiu a vaga dele e de mais quatro candidatos do PRB. Graças a esse desempenho, o PRB aumentará de dois para oito o número de deputados federais  entre os 70 representantes do estado de São Paulo  em Brasília.  A votação de Tiririca garantiu a reeleição dele e mais duas vagas, levando o Partido da República a elevar de quatro para seis suas cadeiras no parlamento.

Russomanno e Tiririca beneficiaram candidatos que, sozinhos, não teriam atingido o quociente eleitoral, o número mínimo de votos que o candidato precisa para conseguir uma cadeira. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), o quociente eleitoral deste ano atingiu a marca de 299.943 votos.
O recordista de votos ajuda a aumentar o número de cadeiras a que o partido tem direito. Assim, mesmo que não tenham sido bem votados, colegas de partido de Tiririca e Russomanno acabam contemplados pelo desempenho da legenda a que pertencem.

No PRB, além de Russomanno foram eleitos, o deputado Antonio Bulhões (137.939), o vereador de Taubaté Roberto Alves (130.516), o advogado Vinicius Carvalho (80.643), o cantor sertanejo  Sérgio Reis (45.330), o ex-prefeito de Santos e deputado federal Beto Mansur (31.301), o vereador do Guarujá Marcelo Squasoni (30.315) e o advogado Fausto Pinato (22.097).

No PR, além de Tiririca foram eleitos o administrador Márcio Alvino (179.950), que foi candidato a prefeito de Guararema;  foram reeleitos os  deputados federais Milton Monti (115.942) e Paulo Freire (113.300),  o suplente Capitão Augusto (46.905) e Miguel Lombardi (32.080), vereador em Limeira.

"A bancada do PR tinha quatro deputados federais e foi para seis. Fizemos quase 10% da bancada federal paulista', diz o senador Antonio Carlos Rodrigues (PR). "O Tiririca elegeu ele e mais dois, mas não a bancada toda. Os outros foram por composição com outros candidatos que ajudaram no quociente", disse o senador.

O presidente do PRB, Marcos Pereira, afirma que a votação de Russomanno puxou a eleição dele mesmo e de mais quatro candidatos.  Segundo Pereira,  a fila de candidatos puxados por Russomanno foi acidental, decorrente do desempenho de cada um. "Saímos com cem candidatos, dois desistiram e ficaram 98. Quem tivesse melhor desempenho seria eleito", afirmou.

O presidente do PRB comemorou o crescimento da bancada: "Saímos de dois e fomos para oito deputados federais em São Paulo. Havíamos planejado no mínimo oito, tendo dez como meta. Agora vamos protagonizar um pouco mais", afirmou.





Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página