» » » » Serviço de música do Google chega ao Brasil com acesso limitado


Google Music Play chega ao Brasil; inicialmente,
acesso é limitado a novos donos de aparelhos da
Samsung. (Foto: Divulgação/Samsung)
O serviço de música por assinatura do Google foi lançado no Brasil em um parceria com a Samsung nesta segunda-feira (22). O acesso será gratuito, mas inicialmente se limitará a alguns aparelhos da fabricante sul-coreana.

O Google Play Music possui uma biblioteca de músicas formada por mais de 25 milhões de títulos. O usuários ouvem as músicas por streaming, mas é possível baixar algumas faixas no dispositivo para ouvi-las quando não houver conexão à internet. A ferramenta também dá acesso a canais de rádio personalizados.
Álbuns e músicas podem ser comprados para serem ouvidas no PC e no Mac, além de tablets e smartphones. Por meio da Play Music, os usuários podem guardar até 20 mil músicas de seu acervo pessoal na nuvem. Assim, podem ouvi-las em qualquer dispositivo em que o serviço funcione.

Por enquanto, o serviço funciona apenas em aparelhos das linhas Galaxy S4, Galaxy S5 e Galaxy Tab S que foram comprados a partir de hoje. A gratuidade valerá por seis meses e também incluirá o Galaxy Note 4, que será lançado em outubro. Em novembro, a Play Music será liberada para todos os usuários que possuírem os outros modelos de smartphones e da Samsung. Para eles, no entanto, o custo zero valerá por três meses.

Segundo o Google, os planos são de liberar a Play Music em breve para todos os aparelhos que rodem o sistema operacional Android, o mais usado pelo mais. A data em que isso ocorrerá, porém, não foi divulgada pela empresa, assim como o preço. Nos Estados Unidos, a mensalidade é de US$ 10 (R$ 23,93).

Com a chegada do Play Music ao Brasil, aquece a disputa no segmento de distribuição de música digital, já disputado entre Deezer, Rdio, Vivo Música by Naspter e iTunes. Em abril, a briga já recebido um novo competidor, quando o Spotify chegou ao país.

Deezer e Spotify cobram R$ 14,90 por mês. Quando passar a ser pago, o que ainda não tem data para acontecer, os preços cobrados pelo Google devem girar em torno desse valor, segundo apurou o G1.


Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página