» » » Após tiros em 'rolezinho', shopping barra menores sem acompanhantes

Jovens são abordados logo na entrada e seguranças exigem documentos (Foto: Patrícia Andrade/G1)


Uma semana após um adolescente ser baleado durante "rolezinho" o Teresina Shopping decidiu barrar a entrada de menores que não estejam acompanhados pelos pais ou responsáveis. Neste domingo (11), seguranças foram colocados nas entradas do estabelecimento para exigir documentação que comprovasse a idade dos jovens. Na sexta-feira (9) a Justiça concedeu liminar favorável ao shopping e quem for flagrado realizando aglomeração, algazarra ou praticando violência no local será multado em R$ 1 mil.

Para quem não sabia das novas normas adotadas pelo estabelecimento ser barrado na entrada não foi tão legal. A estudante Letícia Sampaio, 18 anos, estava sem os documentos e por esta razão não entrou no shopping. “A medida é legal, mas eu não estava sabendo. Sou maior de idade, mas como não trouxe documento não tenho como comprovar”, disse.

Estudante não conseguiu entrar no shopping porque estava sem documento (Foto: Patrícia Andrade/G1)
Estudante não conseguiu entrar porque estava
sem documento (Foto: Patrícia Andrade/G1)
O G1 esteve neste domingo no local e constatou o rigor na abordagem. Vários adolescentes deixaram de entrar no shopping porque não estavam acompanhados dos pais ou responsáveis. Nenhum deles quis dar entrevista.

A direção do Teresina Shopping ainda não se pronunciou sobre as novas medidas. Conforme o juiz Sebastião Firmino Lima Filho, a liminar foi concedida em caráter provisório e preventivo após a empresa procurar a Justiça querendo garantir a segurança das pessoas que frequentam o local.

No sábado (3), após confusão, um adolescente foi baleado no abdômen no estacionamento do shopping. O suspeito de ter efetuado os disparos era menor e foi apreendido logo após o crime. Em depoimento à polícia ele teria alegado que fez o disparo por conta de um desentendimento entre e o rapaz atingido. A vítima, por sua vez, negou que tivesse qualquer tipo de rixa com seu agressor, e ainda que não combinou nenhum “rolezinho”.


Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página