» » » » Vídeo mostra jovens fazendo filhote de cachorro engolir pimenta, em RR


Imagem: Reprodução do Vídeo
Um filhote de cachorro de dois meses é obrigado a engolir molho de pimenta em um vídeo gravado por três jovens, em Boa Vista. Nas imagens, que circulam nas redes sociais, os rapazes mostram como fazer o cachorro 'deixar de ser preguiçoso' e dão 'uma pequena dose' ao animal, que após ingerir a pimenta, fica desorientado.

O vídeo foi gravado por um dos jovens que estava na casa e publicou na página de um deles na internet. Revoltado com as imagens, o integrante do Grupo de Proteção de Animais de Rua (GPAR), Adryano Souza, descobriu a identidade dos envolvidos no vídeo e formalizou uma denúncia de maus-tratos na Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipa).

"Descobri o nome do rapaz e a rua onde ele morava. Fui procurar, até que encontrei ele em casa. Eles ficaram com medo falaram que foi brincadeira. Mas, eu vou levar o caso adiante e ao conhecimento do Ministério Público de Roraima. Não só por uma questão ética ou moral, mas trata-se de um crime previsto em lei que tem punição como qualquer outro", destacou Adryano.

O estudante Kaio Reis, de 19 anos, que aparece no vídeo, alegou que tudo não passou de uma brincadeira e diz que foi um ato sem maldade. Reis ressaltou ainda que no dia da gravação, ele e mais dois primos estavam brincando de quem conseguia comer mais pimenta, quando um deles teve a ideia de fazer com que o cachorro também engolisse o molho ardido e ver qual seria a reação do animal.

Com o caõzinho entre os braços, o dono garante que o animal é bem tratado (Foto: Valéria Oliveira/G1)
Com o cãozinho entre os braços, o dono garante
que o animal é bem tratado
(Foto: Valéria Oliveira/G1)
"Eu assumo porque não fiz com maldade. Ele [cachorro] ficou chorando porque ficou assustado de ver tanta gente perto dele, mas a quantidade de pimenta foi pequena. Sei que foi uma brincadeira idiota e me arrependo disso. Quando o vídeo foi publicado eu sabia que teria pessoas que não iam gostar. Tanto é que o vídeo começou a circular e tomou uma proporção que eu não esperava. Mas, peço desculpas", disse o estudante acrescentando ainda que está sofrendo ameaças pelo facebook.

"Muitas pessoas me mandaram mensagens no meu facebook, dizendo para eu sumir. Estou assustado com tudo isso. Sempre tive uma vida normal. E além do mais, meu cachorro não é maltrado. Pelo contrário, ele é gordinho e saudável e muito apegado a mim", finalizou.

O vídeo foi entregue à Cipa nesta sexta-feira (14) e, segundo a Companhia, o material será analisado para investigações posteriores.

A GPAR informou que na segunda-feira (17), uma nova denúncia sobre maus-tratos será protocolada na Promotoria do Meio Ambiente, em Boa Vista.





Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página