» » » » Cidade na Austrália tem casas, lojas e bares subterrâneos para driblar calor

Cozinha no museu "Old Timers Mine", em Coober Pedy (Foto: Dozier Marc/Hemis.Fr/AFP)


Com clima semidesértico que chega a 45°C no verão – mesmo na sombra --, a pequena cidade de Coober Pedy, no sul da Austrália, tornou-se atração turística graças a seu tipo peculiar de construção. Para driblar as altas temperaturas, várias de suas casas são construídas debaixo da terra.

Além das residências, o município tem museus, igrejas, lojas, bares e galerias de arte subterrâneas.

Os mais antigos pertenceram a trabalhadores que chegaram lá no início do século 20, para construir uma ferrovia ou explorar minas de opala – a pedra preciosa típica da região, que se autodenomina “capital mundial da opala”.

Joias feitas com opala, a pedra típica da cidade (Foto: Dozier Marc/Hemis.Fr/AFP)
Joias feitas com opala, a pedra típica da cidade
(Foto: Dozier Marc/Hemis.Fr/AFP)
No início, tudo era escavado a mão, com pás e picaretas, aproveitando buracos já abertos no arenito para a exploração desse mineral.

As casas iam se expandindo de acordo com a necessidade de seus moradores, que tinham apenas que cavar mais para adicionar mais um cômodo.

Ventilação
Hoje, a cidade tem 3,5 mil habitantes de 45 nacionalidades diferentes. Os quartos subterrâneos são ventilados por tubos que saem para fora da terra e que podem ser vistos da superfície. A luz natural também entra em alguns ambientes, como as cozinhas, por tubos mais largos.

Entre os pontos subterrâneos mais visitados por turistas estão o bar Desert Cave, a igreja sérvia ortodoxa, o museu e mina de opala Umoona e a galeria de arte subterrânea.

Igreja sérvia subterrânea em Coober Pedy (Foto: John Frumm/ hemis.fr/AFP)
Igreja sérvia subterrânea em Coober Pedy (Foto: Hervé Hughes/hemis.fr/AFP)


Além disso, uma das casas antigas, conhecida como Fayes Underground Home, é aberta à visitação. Ela foi construída manualmente por três mulheres e possui três dormitórios, sala, bar, adega, mesa de sinuca e piscina.

Visitante em antiga mina de opala na cidade (Foto: John Frumm/ hemis.fr/AFP)
Visitante em antiga mina de opala na cidade (Foto: John Frumm/ hemis.fr/AFP)



Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página