» » » Animais abandonados em distritos atingidos pela cheia são socorridos

Animais abandonados na região do Baixo Madeira começaram a ser resgatados esta semana por voluntários. (Foto: Suzi Rocha/G1)


O resgate de animais abandonados nas áreas alagadas pela cheia do Rio Madeira continua a ser feito por voluntários da ONG Associação Amigos de Patas, em Porto Velho e em outras localidades atingidas. Esta semana chegou a vez dos animais do distrito de São Carlos receberem o socorro. A ONG afirma que já resgatou cerca de 200 animais desde o início do trabalho de salvamento. Nesta sexta (28), o Rio Madeira atingiu 18,62 metros, segundo a Defesa Civil,  na sexta-feira (28). O prefeito da capital decretou estado de calamidade na última quinta-feira, e mais de 2 famílias já precisaram abandonar as residências.

A idealizadora do projeto, Clotilde Brito, afirma que muitos cães foram deixados pelos donos, inclusive presos nos quintais que ficaram totalmente inundados. Os voluntários afirmam que tiveram dificuldades para resgatar alguns cães que estavam presos nas residências. “Poucos foram levados por seus donos para os novos lares ou abrigos. Estamos salvando muitos animais, porém temos dificuldades para mantê-los no abrigo por muito tempo. Meu apelo é para que as pessoas venham conhecê-los e adotá-los, pois são vidas que precisam de atenção e carinho”, disse Clotilde.

No início da semana, a ONG foi acionada pela Secretaria Municipal de Saúde, Defesa Civil e Polícia Ambiental para uma força tarefa de resgate de mais de 100 cães no Baixo Madeira, em distritos como São Carlos e Calama. “Tivemos informações sobre muitos animais ilhados e famintos nestas regiões. Em São Carlos, por conta do aumento no volume da água, a população local já tem pouco espaço para ficar em terra firme, disputado com os animais. Um cão já chegou a ser engolido por um jacaré no distrito”, disse Ana Valeska.

Durante os resgates da semana, houve o caso de uma cadela que teve uma das patas dianteiras arrancadas por um jacaré. “Recebemos o chamado e de imediato ela foi atendida por um veterinário. Agora passa bem, se recupera de uma cirurgia e está disponível para adoção”, disse a presidente e advogada da Associação, Ana Valeska Duarte. No último domingo, cães abandonados na estrada de Belmonte também foram salvos da cheia do Madeira.

A ONG Amigos de Patas realiza, cerca de duas vezes por ano uma Feira de Adoção. As próximas já estão com datas definidas: 9 de março, 23 de março e 6 de abril, no Parque atrás do Porto Velho Shopping. A Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur) já sinalizou a liberação do espaço para a realização da feira. Voluntários também estão sendo chamados para ajudar na organização do evento.

Os vluntários afirmam que o abrigo está lotado e que as doações são muito urgentes. A população pode doar rações, medicamentos e material de limpeza como água sanitária, desinfetante, vassouras, rodos e sacos de lixo, além de coleiras. Os medicamentos mais necessários são: vermífugos, vacinas de parvovirose/ sinomose, água boricada e algodão.

“Estamos fazendo um chamamento para que as pessoas se voluntariem para nos ajudar nos resgates, bem como na manutenção da limpeza e cuidados com esses animais”, conclui Ana Valeska. Os interessados podem mandar mensagem na página da associação nas redes sociais - Associação dos Animais Desamparados Amigos de Patas - com nome, telefone e e-mail para contato. Outras informações podem ser obtidas através dos telefones (69) 9982-2772 ou (69) 9209-0356.


Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página