» » » » Polícia identifica responsável por pichação em estátua do Rio

Casal é flagrado pichando a estátua do Drummond (Foto: Reprodução/TV Globo)


A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, responsável pela investigação, informou que o responsável pela pichação na estátua de Carlos Drummond de Andrade, que fica na orla da Copacabana, Zona Sul do Rio, é Pablo Lucas Farias, conhecido pelo apelido de “quase”, mostrou o RJTV desta sexta-feira (27). Ele nasceu em Uberaba (MG), mas tem uma residência na Taquara, Zona Oeste do Rio.

As imagens foram registradas na madrugada do dia 25. Agentes afirmam que Pablo também pichou as estátuas do jornalista Zózimo Barroso do Amaral, na Praia do Leblon, e o monumento em homenagem a Estácio de Sá, no Aterro do Flamengo, também na Zona Sul.

A identidade da mulher que foi registrada ao lado de Pablo, no entanto, ainda não foi revelada. A única pista é que o primeiro nome dela seria Mel.

Pichação é crime ambiental
Pichar bens públicos é crime ambiental e prevê detenção de três meses a um ano, além do pagamento de multa. Se for um monumento tombado, a pena é maior. Mas os cariocas acham que os responsáveis deveriam pagar também de outra forma.

Estátua de Carlos Drummond de Andrade amanhece pichada na manhã de Natal na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. (Foto: Marcelo Carnaval/Agência O Globo)
Estátua de Carlos Drummond de Andrade
amanheceu pichada na manhã de Natal na Praia de
Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro
(Foto: Marcelo Carnaval/Agência O Globo)
“Monumentos são patrimônios que pertencem a todos nós. E se possível em um ato de uma situação como essa seria importante levar a pessoa a retirar aquele dano que foi feito”, recomendou o advogado Paulo Afonso.

Essa foi uma das punições aos dois homens que sujaram o braço do cristo redentor em 2010. Eles foram indiciados e obrigados a remover as pichações do Túnel Novo, em Botafogo. Na maior parte das vezes, a polícia só conta com a denúncia da população para identificar os malfeitores.

“A gente pede que se alguém tenha alguma ideia, até pelos nomes, pelo jeito de pichar que ligue para o Disque-Denúncia”, disse a delegada Monique Vidal.


Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página