» » » » Relíquias de São Pedro são expostas ao público pela primeira vez

Papa Francisco segura as cinzas do apóstolo São Pedro durante solenidade no Vaticano (Foto: Vincenzo Pinto/AFP)


Pela primeira vez, as relíquias do apóstolo São Pedro, fundador da Igreja Católica, foram expostas neste domingo (24) a uma multidão reunida na Praça São Pedro, na presença do Papa, durante a missa de encerramento do 'Ano da Fé'.

Numa manhã fria e úmida, diante de dezenas de milhares de seguidores em todo o mundo, o Papa Francisco se curvou antes do início da cerimônia diante do relicário de bronze de 30 cm de comprimento, em que se encontram fragmentos de ossos do apóstolo em um pedaço de tecido.

Sobre o relicário está gravado em latim 'Ex ossibus quae in Arcibasilicae Vaticanae hypogeo inventa Beati Petri Apostoli esse puntantur' ('Ossos encontrados na Basílica do Vaticano, que são considerados como os do bendito apóstolo Pedro').

O 'Ano da Fé' foi lançado em outubro de 2012 pelo Papa Bento XVI, quatro meses antes de sua renúncia, e deu origem a várias celebrações na Praça São Pedro. Desde então, cerca de 8,5 milhões de pessoas visitaram Roma, segundo o Vaticano.

Após a missa, muitas pessoas passaram a rezar nas Grutas do Vaticano, sob a basílica, diante do túmulo do primeiro apóstolo.

Os ossos foram encontrados durante as escavações em 1940, sob o pontificado de Pio XII, em uma necrópole localizada debaixo da basílica ao lado de um monumento construído no século 4 para homenagear aquele que é considerado o primeiro bispo de Roma.

Ossos, envoltos por um pano roxo bordado com fios de ouro, foram descobertos no local.

Nenhum Papa testemunhou que os ossos eram autênticos. Mas testes científicos indicaram uma grande 'probabilidade' de que eles são, de fato, os ossos do velho pescador da Galiléia, segundo o Papa Paulo VI em 1968.

Os ossos foram devolvidos a Paulo VI em 1971 e foram mantidos desde então na capela do apartamento papal.

Pedro foi crucificado de cabeça para baixo entre os anos 64-70 no circo de Calígula, onde hoje se encontram os Jardins do Vaticano.


Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página