» » » Cachorras 'adotam' gatos e porco como filhotes no interior de SP

Cachorrinha Lili adotou filhotes de gato após mãe morrer envenenada (Foto: Reprodução/TV Tem)


















A natureza vive nos mostrando que há muito mais humanidade entre os animais do que entre os próprios seres humanos. Em Ibitinga(SP), um caso que parecia sem saída virou uma lição adaptação da natureza. A gata da dona de casa Tânia Fernandes morreu envenenada e para a surpresa de todos, quem adotou os filhotes foi quem a família menos esperava: a cachorrinha Lili. “ Os gatinhos começaram a dormir e procurar a Lili. E ela começou a dar leite depois que viu que os filhotes estavam com fome. Agora ela os adotou, cuida como mãe”, conta a dona de casa.

Segundo a proprietária do animal, o que mais impressiona no caso é que a cachorra nunca engravidou. No entanto, o instinto materno superou as diferenças.

Cadela Sol alimenta os sete filhotes e a porquinha Chiquinha (Foto: Reprodução/TV Tem)
Cadela Sol alimenta os sete filhotes e a porquinha Chiquinha (Foto: Reprodução/TV Tem)


“Existe um hormônio chamado prolactina que estimula a produção de leite. A cachorra tem que necessariamente ter saído do cio e é liberado o hormônio. A gente chama o caso de gravidez psicologia, onde ela adota a ninhada como se fosse dela”, explica a veterinária Renata Ramos.

Em Itápolis, localizada a poucos quilômetros de Ibitinga, a natureza também contrariou a lógica em um sítio da cidade. Além de dar de mamar aos sete filhotes com pouco mais de um mês de idade, a cachorra Sol alimenta a porquinha Chiquinha, que tem apenas 15 dias de vida.

Filhotes da cadela adotaram a porquinha (Foto: Reprodução/TV Tem)
Filhotes da cadela adotaram a porquinha
(Foto: Reprodução/TV Tem)
“A porca estava com três filhotes. A Sol limpou os porquinhos, tirou o umbigo e deu de mamar para eles. Ela lambeu os porquinhos como se fossem filhos dela , mas infelizmente, só um conseguiu se salvar. Isso só vem para mostrar que precisamos ter mais amor um pelo outro já que eles não distinguem cor, raça", conta a dona de casa Sebastiano Cassette, proprietária dos animais.

E não é somente Sol que tem um bom coração. Os filhotes herdaram a qualidade da mãe e convivem em harmonia com a porquinha e também com um gatinho abandonado pela mãe depois do parto. Uma família diferente, mas bem unida.

“Nunca tínhamos visto algo parecido e foi uma novidade muito grande. Acho que é o amor que rege tudo, é um dom de Deus”, diz o tratorista Aparecido Balduíno que trabalha no síto.


Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página