Rádio Fonte de Água Viva - Topo

Guarda Civil vai usar ônibus com câmeras para monitorar Cracolândia


No final de outubro, a Guarda Civil Metropolitana de São Paulo vai passar a usar cinco ônibus com câmeras e telas de monitoramento para gravar imagens da Cracolândia, no Centro de São Paulo. Os ônibus foram doados pelo governo federal como parte do programa Crack, é Possível Vencer.

Segundo o Bom Dia Brasil, cada ônibus tem capacidade para monitorar 26 câmeras, sete fixas, sendo duas internas, cinco do lado de fora e 19 móveis que serão instaladas em uma área de três quilômetros. As imagens serão gravadas 24 horas e poderão servir como provas para prisão de traficantes.

Os guardas também usarão motos e carros novos, sprays de gel, espuma de pimenta e armas de choque em ações contra traficantes.

Base móvel servirá ao monitoramento de áreas onde há tráfico e consumo de crack (Foto: Divulgação/ Ministério da Justiça)
Base móvel servirá para monitorar áreas onde há tráfico e consumo de crack (Foto: Divulgação/ Ministério da Justiça)


“Há um cuidado todo especial por parte do governo municipal em relação ao spray pimenta e ao teaser, que é a arma elétrica, e só podem ser usadas em caso de extrema necessidade em relação ao traficante, nunca obviamente em relação ao usuário de drogas”, disse Roberto Porto, secretário de Segurança Urbana de São Paulo.

Internações
Desde a inauguração do plantão especial de juízes, advogados e médicos no Centro de Referência de Álcool e Drogas (Cratod), do governo do estado, em 21 de janeiro,  foram feitos 6.790 acolhimentos, 1.714 internações, das quais 1.542 voluntárias, 171 involuntárias e uma compulsória.


Fonte: Portal G1

Postar um comentário

0 Comentários