» » » » Faixas exclusivas rendem 26 multas por hora a motoristas em São Paulo

Táxi ignora faixa exclusiva para ônibus na
Avenida Paulista (Foto: Letícia Macedo/ G1)
Mais vias reservadas para o transporte coletivo e o aumento da fiscalização fazem com que, em média, 26 motoristas sejam multados a cada hora em São Paulo por desrespeitar as faixas exclusivas de ônibus, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). No primeiros oito meses do ano, foram aplicadas 152.701 multas para motoristas que usaram a faixa. No mesmo período de 2012, foram emitidas 24.522 autuações para esta mesma infração, um aumento de 522%.

A multa para quem desrespeita a faixa é de R$ 53, mais 3 pontos na carteira de habilitação. Segundo a CET, o aumento no total de multas entre janeiro e agosto se deve à intensificação da fiscalização para coibir o desrespeito aos motoristas que trafegam indevidamente nestas vias segregadas e também ao crescimento da malha viária exclusiva para os ônibus.

Em agosto de 2012, a cidade tinha 62,5 km de faixas exclusivas à direita, número que passou para mais de 170 km em agosto deste ano - aumento de 172%.  A meta da atual administração é totalizar 220 km até o fim de 2013.

Aumentou também, embora em nível diferente, o número de multas aplicadas a motoristas que transitam na faixa da esquerda regulamentada para circulação exclusiva, os chamados corredores de ônibus.
Entre janeiro e agosto foram aplicadas 199.830 multas. No mesmo período do ano anterior, foram emitidas 190.759 autuações, um aumento de 4,75%.

Câmeras e mais radares
A Prefeitura de São Paulo planeja intensificar a fiscalização. Além da licitação dos radares que chegou a ser iniciada neste ano, a administração municipal começou a testar câmeras instaladas nos ônibus que flagram os infratores nas faixas exclusivas para ônibus.

A cidade tem mais de 2,5 mil fiscais e 77 radares que fiscalizam desrespeitos no trânsito. O novo sistema de câmeras instaladas nos ônibus está em teste. A Prefeitura não diz quando ele começa a multar nem quantos ônibus vão virar radares ambulantes.

Essa política, para melhorar o trânsito da cidade, é considerada prioritária e a Secretaria Municipal de Transportes aumentou o rigor da fiscalização para mostrar que os motoristas também vão ter que levar a mudança a sério.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) implanta faixa exclusiva de ônibus no Corredor Norte-Sul na Avenida 23 de Maio, em São Paulo. (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo)
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) implanta faixa exclusiva de ônibus no Corredor Norte-Sul na Avenida 23 de Maio, em São Paulo. (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo)


Velocidade e aprovação
A velocidade média dos coletivos, nas faixas, subiu de 14,3 km/h para 20,8 km/h, no período da tarde, segundo dados da Prefeitura. "A faixa vai ser um lugar sagrado para o ônibus. Até por uma questão lógica. Um ônibus desse equivale a quinze a 20 veículos na via", afirma Mauricio Regio, diretor de operações da CET.

Na segunda-feira (16), uma pesquisa do Ibope encomendada pela Rede Nossa São Paulo mostrou que a ampliação das faixas exclusivas de ônibus é apoiada por 93% dos paulistanos. Entre os mais de 800 entrevistados em agosto, 5% foram contrários à ampliação e 1% não soube ou não respondeu. A margem de erro é de três pontos percentuais.

Uma outra pesquisa divulgada nesta segunda-feira também mostrou que as faixas exclusivas são bem vistas na cidade. Elas são aprovadas por 88% dos entrevistados pelo Instituto Datafolha. Entre as pessoas que usam mais o carro, a avaliação favorável foi de 77%. Realizada na quarta-feira (11), a pesquisa ouviu 832 pessoas na cidade de São Paulo. A margem de erro é de três pontos percentuais.

Levantamento feito pelo G1, entretanto, em sete importantes linhas do Corredor Norte-Sul, cuja faixa exclusiva para ônibus foi implantanda em etapas ao longo do mês passado, revelou que o ganho de passageiros não foi expressivo. Três das linhas perderam usuários na comparação entre agosto e maio.


Fonte: Portal G1

Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página