» » » » » » Associação Católica Fonte de Água Viva Cria Capela de Velas Virtuais

A Associação Católica Fonte de Água Viva inaugurou nesta 4ª feira (04 de setembro de 2013) uma capela
de velas virtuais.

Neste espaço é possível acender velas, colocando suas intenções pessoais. O processo é feito de tal forma que o sistema leva o internauta a fazer um momento de reflexão e oração ao acender sua vela.

As velas têm valor simbólico: significam a "luz da fé", que nós, cristãos, recebemos do "Cristo, Luz do Mundo" em nosso Batismo. As velas estão presentes na Celebração da Páscoa do Senhor, Coroa do Advento, nas celebrações litúrgicas,  enfim, em tudo o que possa fazer memória do brilho daquela noite santa de Belém em que o Menino Deus se fez presente entre os homens.

A vela é o símbolo da luz e da consagração. Acompanha o cristão em sua caminhada por este mundo até chegar ao reino da luz.

O próprio Jesus nos dá a missão de ser luz na cidade, no trabalho, na comunidade, na vida diária - "Vós sois a luz do mundo" (Mt 5,14). Ser luz é ser alegre, alerta, acordado, vigilante, vibrante, cheio de ardor, de fogo.

A função da luz é fazer enxergar. Por isso, ser luz é fazer o mundo enxergar a presença viva de Deus entre nós, num comportamento de amor, verdade, justiça e paz.

O costume de acender velas tem origem nas prescrições do Antigo Testamento:

"O Senhor disse a Moisés: "Ordena aos israelitas que te tragam óleo puro de olivas esmagadas para manter, continuamente acesas as lâmpadas do candelabro. “Disporás as lâmpadas no candelabro de ouro puro para que queimem continuamente diante do Senhor" (Lev 24, 1-4).

A vela acesa, enquanto rezamos, tem um significado muito especial. A ideia básica da "LUZ" como oposição às "trevas" está nas suas raízes: Por exemplo, o profeta Simeão falou da vinda de Cristo como "Luz para revelação dos gentios". Simeão refletia consigo mesmo a profecia do profeta Isaías sobre a vinda do Messias: "O povo que andava nas trevas viu uma Grande Luz; sobre aqueles que habitavam uma região tenebrosa resplandeceu uma Luz" (Is 9,1). Esta profecia cumpriu-se no Novo Testamento, quando a Virgem Maria apresentou o seu filho Jesus no templo de Jerusalém (Lc 2, 22-32:). Este acontecimento comemora-se com a Festa da Apresentação do Senhor no templo, no dia 02 de Fevereiro. No início da Liturgia desta festa, faz-se a Benção das velas que são usadas nas orações particulares durante todo ano.

Acender velas é, portanto, uma tradição muito antiga. Claramente, a prática individual de acender a vela, é um meio poderoso de unir a nossa oração individual com a oração da Igreja e com Cristo, a Luz do mundo.

Mas atenção: as velas não substituem as nossas orações, nem devemos esperar efeitos mágicos do seu uso. Mas, como expressão de nossa presença diante do Altíssimo, a suplicar a luz que ilumina as trevas de nossos pecados, fazendo-nos deles tomar consciência para uma contínua conversão a que somos todos chamados.

As velas acessas na Capela Virtual Nossa Senhora do Perpétuo Socorro permanecerão acessas por um período de 48 horas.

Para acender a sua vela basta clicar na imagem abaixo:




Sobre Nós

A Associação Fonte de Água Viva trabalha na construção de um mundo melhor. Através dos meios de comunicação levamos o amor a paz até os corações nos quatro cantos do Brasil e do mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

1 comentários:

Deixe seu comentário, lembrando que este deverá ser aprovado para ser publicado no site.
Não serão aceitos comentários com spam, propagandas, palavrões e etc.

Anti Drogas

Vídeo Previsão do Tempo

Recados

Agenda: Shows e Eventos

Curta Nossa Página